Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Inflação continua a escalar e respinga no próximo ano

Ano de 2022 já é dado como perdido pelo próprio Banco Central, mas o que começa a chamar a atenção são as projeções para 2023, com inflação acima de 4%

Por Luana Meneghetti Atualizado em 2 Maio 2022, 14h19 - Publicado em 2 Maio 2022, 12h06

A alta dos preços continua a ser um dos principais pontos de preocupação da economia brasileira. A projeção do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) saltou de 7,65% para 7,89%, segundo dados do Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira, 2. O ano já é dado como perdido pelo próprio Banco Central, mas o que começa a chamar a atenção são as projeções para 2023.

Para o próximo ano, o mercado espera uma inflação de 4,10%, percentual acima do centro da meta, de 3,25%, mas ainda dentro do intervalo limite, de 4,75%. Há um mês atrás, a projeção era de 3,8%.

Mesmo com a elevação da taxa de juros, o BC alega que a guerra no Leste Europeu e a retomada dos lockdowns na China pioraram o cenário inflacionário, e já começam a respingar nas perspectivas do próximo ano. No último relatório de inflação do Banco Central, a autoridade elevou a estimativa de inflação de 4,7% para 7,1%, zerando as possibilidades de ancorar as expectativas dentro da meta de 2022, mas com grandes esperanças de ter o controle sobre os preços no ano de 2023.

Dado o movimento inflacionário e os riscos internos e externos, o mercado espera que o BC continue a política de elevação dos juros, encerrando o ano com a Selic no patamar de 13%. A taxa hoje está fixada em 11,75%. Apesar de o Banco Central ter sinalizado que pode começar a frear essa elevação, as perspectivas inflacionárias para o próximo ano devem ser um novo ponto de atenção do BC nas próximas reuniões.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês