Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Indústria do Amazonas registra a maior queda na produção em novembro

Das 14 regiões pesquisadas pelo IBGE, sete mostraram recuo na atividade das fábricas. Minas e São Paulo estão entre elas

A queda de 0,7% na produção industrial brasileira em novembro passado foi puxada por sete das 14 regiões avaliadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na série já com ajustes sazonais, o Amazonas foi o que mais sentiu a queda na atividade fabril: o recuo foi de 4%. Minas Gerais e São Paulo vêm na sequência, com queda de 2,6% e 2,3% no setor industrial. Até Santa Catarina, que vinha se recuperando nos meses anteriores, mostrou desaceleração de 1,9% em novembro. Ceará (queda de 1,2%), Rio Grande do Sul (0,9%) e Goiás (0,1%) completam a lista de regiões com índices negativos em novembro.

Por outro lado, Pernambuco (5,3%), Rio de Janeiro (2,5%) e Espírito Santo (1,7%) tiveram aumento dos trabalhos nas fábricas, enquanto Nordeste (1%), Paraná (0,9%), Pará (0,8%) e Bahia (0,6%) tiveram expansões mais moderadas, segundo o instituto.

Leia mais:

Produção industrial cai 0,7% em novembro

Emprego na indústria cai pelo sétimo mês seguido

Confiança da indústria recua 1,5% em dezembro, mostra FGV