Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Indústria chinesa desacelera para menor nível em 3 meses

Segundo pesquisa, queda na produção industrial ofuscou a expansão de novos pedidos

O crescimento da atividade industrial da China desacelerou para o menor nível em três meses em dezembro, devido a uma queda na produção que ofuscou a expansão de novos pedidos, informou a pesquisa preliminar do Índice Gerente de Compras (PMI) do Markit/HSBC, em linha com outros dados recentes apontando para uma economia resiliente, mas em desaceleração.

O índice caiu para 50,5 a partir de leitura final de novembro, de 50,8. Embora menor que esta última, dezembro foi o quinto mês consecutivo acima da linha de 50, que separa expansão de contração. Os novos pedidos e encomendas de exportação cresceram a um ritmo mais rápido no período pesquisado, enquanto sub-índices que medem o emprego e estoques de compras mostraram taxas de quedas.

“O PMI preliminar de dezembro do setor industrial diminuiu ligeiramente ante a leitura final de novembro”, disse o economista-chefe para China do HSBC, Hongbin Qu. “Mas ainda está acima da média de leitura para o terceiro trimestre, o que implica que a tendência de recuperação do setor industrial a partir de julho ainda se mantém. Como resultado, esperamos que o crescimento do PIB da China se estabilize em torno de 7,8% no quarto trimestre na comparação com um ano antes”.

Leia também:

China manterá política econômica estável e reformas em 2014

Produção industrial da China cresce 10% em novembro

(com agência Reuters)