Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Índice de Medo do Desemprego é o menor desde 1996

De acordo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), o dado de setembro, de 81,1 pontos, é o melhor da série histórica

O Índice de Medo do Desemprego de setembro teve queda de 1,5% em relação ao resultado de junho e fechou o mês em 81,1 pontos, o menor patamar desde o início da série histórica, em 1996, informou a pesquisa trimestral divulgada nesta quarta-feira pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

A retração registrada no mês passado decorre do aumento do número de pessoas otimistas em relação às oportunidades no mercado de trabalho (quanto menor o valor em pontos, maior a confiança). Em setembro, 55% dos entrevistados revelaram não temer a falta de emprego. Este foi o terceiro trimestre consecutivo em que mais da metade dos brasileiros afirmou não estar com medo de ficar desempregado.

O bom desempenho da economia figurou como fator preponderante para o aumento da confiança dos brasileiros no emprego. “A economia retomou o crescimento e as taxas de desemprego das principais regiões metropolitanas estão entre as mais baixas da história”, explicou o gerente-executivo da Unidade de Política Econômica da CNI, Flávio Castelo Branco.

Segundo ele, o Índice de Medo do Desemprego deve permanecer nesse patamar até o final deste ano e ao longo de 2011. Isso porque tudo indica que o ritmo de crescimento da economia continuará acelerado, garantindo a expansão da oferta de postos de trabalho.