Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Imposto de Renda: 3 milhões ainda não declararam, diz Receita

Prazo para entregar o documento vence nesta sexta-feira e há multa para quem não fizer o envio

Por Da redação 28 abr 2017, 11h21

Três milhões de contribuintes não haviam declarado o Imposto de Renda na manhã do último dia para a entrega do documento. Os dados são da Receita Federal, que contabilizava 25.301.028 declarações recebidas até as 10h desta sexta-feira. O prazo vence às 23h59 de hoje – nos outros anos, o contribuinte tinha o sábado e domingo para declarar. A instituição estima que o total de pessoas obrigadas a fazer o processo é de 28,3 milhões.

Estão obrigadas a declarar o imposto todas as pessoas que tiveram rendimentos tributáveis superiores a 28.559,70 reais. Também é exigida a declaração de quem ganhou mais de 40.000 reais em rendimentos não tributáveis, teve ganho com alienações de bens ou bolsa de valores, possuía propriedade com valor superior a 300.000 reais ou teve produção rural acima de 142.798,50 reais.

As restituições começam a ser pagas em 16 de junho. O pagamento prossegue até dezembro para quem não caiu na malha fina. A Receita prioriza a devolução da restituição para idosos, portadores de doenças graves e deficientes físicos.

Quem enviou a declaração primeiro – e não caiu na malha fina – também recebe antes a restituição. Entre os motivos para cair na malha fina estão erros no preenchimento da declaração, inconsistência de dados e omissão de rendimentos do contribuinte ou dependente.

A multa para quem perder o prazo varia entre 165,74 reais e 20% do imposto devido.

Continua após a publicidade

Publicidade