Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

IBGE: vendas sobem em 7 atividades do varejo ampliado

Por Da Redação 10 nov 2011, 09h38

Por Daniela Amorim

Rio – Entre as dez atividades que compõem o varejo ampliado, sete tiveram expansão nas vendas em setembro ante agosto, segundo a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). As vendas do comércio varejista ampliado incluem as atividades de veículos e motos, partes e peças e materiais de construção.

“Quase todas as atividades que apresentaram resultados negativos em agosto passaram a resultados positivos em setembro, com exceção de combustíveis e lubrificantes”, disse Nilo Macedo, coordenador da pesquisa no IBGE. “O setor de combustíveis vem sendo penalizado principalmente pelos aumentos de preços. O etanol teve encarecimento, e as pessoas voltaram para a gasolina, mas muitos passaram a economizar, porque a gasolina já era um produto caro. Então houve retração na demanda”.

Na série com ajuste sazonal, houve crescimento nas vendas de artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (2,2%); veículos, motos, partes e peças (1,7%); tecidos, vestuário e calçados (1,6%); móveis e eletrodomésticos (1,6%); material de construção (0,8%); hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (0,2%); e outros artigos de uso pessoal e domésticos (0,1%).

Os resultados negativos ocorreram em equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-5,0%); livros, jornais, revistas e papelaria (-2,5%); e em combustíveis e lubrificantes (-1,1%). “Os setores de máquinas e equipamentos de informática e comunicação e de livros e papelaria tiveram alta no mês anterior, por isso agora deve ter havido uma compensação”, explicou Macedo.

Continua após a publicidade
Publicidade