Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

HRT confirma potencial de produzir gás no Solimões

Por Da Redação - 3 jan 2012, 10h08

Por Eulina Oliveira

São Paulo – A HRT Participações em Petróleo anunciou hoje que a sua subsidiária HRT O&G Exploração e Produção de Petróleo concluiu o teste de formação do poço 1-HRT-4-AM, no Bloco SOL-T-194, na Bacia do Solimões. Conforme o comunicado, o teste foi executado entre 15 e 31 de dezembro de 2011 e confirmou a capacidade de produção de gás natural e condensado de aproximadamente 65º API, em reservatório de oito metros de espessura da Formação Juruá. A empresa diz também que os resultados do teste indicam um potencial de produção de até 250 mil metros cúbicos de gás natural e 300 barris de condensado por dia em poço vertical.

“Confirmamos a presença de vários reservatórios com capacidade de produção na Formação Juruá neste poço e provamos a existência de uma acumulação de gás e condensado no bloco. Embora ainda sejam necessários novos estudos para a avaliação completa da descoberta, nos sentimos estimulados com este resultado que oferece novo incentivo às nossas atividades exploratórias na bacia”, afirma, no comunicado, Milton Franke, diretor de Operações da companhia. “A HRT está a caminho de se tornar operacional, fazendo deste resultado um marco na história da empresa”, acrescenta.

Ainda de acordo com o fato relevante, a sonda TUS-116 permanecerá no bloco SOL-T-194 para perfuração de poço de extensão “e, assim, melhor estimar o potencial comercial da acumulação, que pode alcançar até 750 mil metros cúbicos de gás e 1000 barris de condensado por dia através de poço direcional”.

Publicidade

O poço 1-HRT-4-AM atingiu 2.806 metros de profundidade e está localizado no Bloco SOL-T-194, cerca de 25 km sul do Pólo de Urucu, produtor de óleo e gás natural. A HRT O&G detém 100% de participação neste bloco.

Publicidade