Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Honda reduz produção no Brasil por inundações na Tailândia

Por Da Redação 10 nov 2011, 08h41

Por Chang-Ran Kim

TÓQUIO (Reuters) – O impacto das enchentes na Tailândia sobre a Honda se estendeu para um quarto continente, enquanto a Toyota mostrou mais sinais de recuperação dos efeitos da chuva.

Um porta-voz da terceira maior montadora do Japão disse nesta quinta-feira que começou a cortar a produção no Brasil nesta semana após redução na fábrica no Reino Unido a partir de 31 de outubro.

As maiores enchentes na Tailândia em 50 anos inundaram centenas de fornecedores de peças e obrigaram muitas montadoras a interromper a produção naquele país, reduzindo as operações em outros países.

As enchentes atingiram as montadoras japonesas, que dominam o mercado do Sudeste Asiático, justamente quando começavam a trabalhar mais horas para compensar as perdas decorrentes do terremoto e tsunami em março no Japão.

Entre as montadoras japonesas, a Honda foi a mais atingida, tendo debaixo d’água a fábrica com capacidade para até 240 mil veículos por ano e 35 por cento dos seus fornecedores mais importantes.

A produção na América do Norte ainda será afetada por várias semanas, informou a Honda nesta quinta-feira

Antes, a companhia tinha anunciado que a produção em vários países asiáticos, entre eles o Japão a partir desta semana, também seria reduzida.

A Honda não revelou em quanto reduziu a produção. Assim como a Toyota, a companhia retirou a previsão de lucro para o ano fiscal até março, citando incertezas na produção.

Continua após a publicidade
Publicidade