Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Hering não prevê reajuste de preços em 2012

Por Suzana Inhesta

São Paulo – O presidente da Companhia Hering, Fabio Hering, afirmou hoje, em teleconferência com analistas e investidores, que não há necessidade de reajustar os preços dos seus produtos neste ano, como foi feito no ano passado. “No início de 2011, fizemos um reajuste para repassar os custos que tivemos com a alta das cotações do algodão. Como vemos um cenário de redução de custos de matéria-prima, não devemos realizar esse reajuste específico”, disse o executivo.

Segundo ele, os preços dos produtos Hering acompanharão o comportamento da inflação no ano. “Somente em alguns itens de malha deveremos ver um comportamento um pouco acima da inflação”, explicou, sem dar mais detalhes.

O executivo também comentou que neste mês iniciou as vendas das coleções de outono, mas ainda não dá para saber como estão as vendas pelo prazo curto das comercializações. O presidente da companhia confessou que, por conta da falta de estoque, não conseguiram ser mais agressivos nas liquidações em janeiro. “Se tivéssemos mais estoques, faríamos o caixa das lojas girarem mais, embora a ação fizesse com que as lojas tivessem menos rentabilidade”, declarou.

Aquisições

Hering ainda ressaltou que o foco da companhia é crescer organicamente, mas que não está deixando de olhar as oportunidades de aquisições no mercado. “Há muitas oportunidades que merecem ser avaliadas, mas ainda temos potencial para crescer organicamente e não é necessidade da companhia no momento expandir via aquisições”, afirmou.

No caso do crescimento orgânico, o presidente da companhia quer avanço em cidades do interior dos estados, ao mesmo tempo em que quer manter o crescimento nas capitais, principalmente do Sudeste.