Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Hawker se diz descontente com regras da Força Aérea dos EUA

WASHINGTON, 8 Mai (Reuters) – A empresa privada Hawker Beechcraft afirmou nesta segunda-feira que estava “profundamente decepcionada” com a Força Aérea dos Estados Unidos por manter exigências “antiquadas” de ejeção de assentos nas regras reformuladas em uma competição para a compra de 20 aviões que serão usados no Afeganistão.

A Força Aérea está refazendo uma licitação após um processo movido pela Hawker, que perdeu um contrato inicial de 355 milhões de dólares para a Sierra Nevada e a brasileira Embraer.

A Força Aérea emitiu um pedido alterado para as propostas na sexta-feira, que parecia ter poucas mudanças em relação ao projeto que atraiu críticas da Sierra Nevada.

A Sierra Nevada não estava disponível para comentários sobre as novas regras.

A Hawker afirmou que ainda era muito cedo para fazer comentários substantivos, já que havia acabado de iniciar as regras finais para a competição, mas que o tema de ejeção de assentos já havia despertado preocupações.

“Estamos profundamente decepcionados de ver… que a Força Aérea dos Estados Unidos continua a permitir padrões de acomodação do piloto antiquados para a ejeção de assentos em aeronaves equipadas que podem colocar ambos (Força Aérea) e pilotos em risco desnecessário”, afirmou.

A Força Aérea afirmou na sexta-feira que espera escolher um novo vencedor no início de 2013, com a entrega da primeira aeronave no terceiro trimestre de 2014.

(Por Andrea Shalal-Esa)