Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Grupo Total nomeia dois diretores para suceder Margerie

Após morte de CEO, Patrick Pouyanne assumirá presidência executiva e Thierry Desmarest será presidente do Conselho de Administração

Por Da Redação 22 out 2014, 13h57

O Conselho de Administração do grupo petroleiro francês Total nomeou dois diretores para suceder o CEO, Christophe de Margerie, que morreu na noite desta segunda-feira, em Moscou, em um acidente com seu jato particular. Patrick Pouyanne, chefe da divisão de refino até agora, assumirá como presidente-executivo da companhia, e Thierry Desmarest será o novo presidente do Conselho de Administração.

Leia mais:

CEO da petroleira francesa Total morre em acidente aéreo

Segundo investigações preliminares, o acidente com o avião de Margerie no aeroporto Vnokouvo de Moscou teria acontecido por uma negligência criminosa da direção do aeroporto. O executivo, de 63 anos, morreu ao lado de quatro pessoas, que eram membros da tripulação do jato Falcon-50 que se acidentou durante a decolagem.

Christophe de Margerie se tornou presidente da Total em 2010, coroando uma longa trajetória no grupo petroleiro que o levou ao comitê diretivo em 1992, antes de se converter em diretor-geral da Total para o Oriente Médio, três anos mais tarde.

Sob a presidência de Margerie, a Total acelerou nos últimos anos os investimentos em exploração, para cumprir objetivos ambiciosos de crescimento da produção petroleira.Na França, o grupo realizou uma forte reestruturação de atividades, com o fechamento da refinaria de Dunkerque, em 2010, e a reorganização da petroquímica de Carling, em Moselle, anunciada no ano passado.

(Com agência Reuters e AFP)

Continua após a publicidade
Publicidade