Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Grã-Bretanha registra contração trimestral e volta à recessão

Por Geoff Caddick 25 abr 2012, 07h11

O Reino Unido entrou tecnicamente em recessão após o segundo trimestre consecutivo de contração, com uma queda de 0,2%, contra todas as previsões, nos primeiros três meses de 2012, anunciou o Escritório Nacional de Estatísticas (ONS).

O Produto Interno Bruto (PIB) britânico já havia registrado contração de 0,3% no último trimestre de 2011, mas os analistas acreditavam que o país evitaria uma nova recessão – definida tecnicamente como dois trimestres consecutivos de contração – com um leve crescimento de 0,1% no primeiro trimestre.

A contração foi provocada pelo pior resultado em três anos do setor da construção (-3%), enquanto o setor manufatureiro também registrou um recuo.

O Reino Unido sofreu uma profunda recessão durante cinco trimestres entre abril de 2008 e junho de 2009.

A atual recessão não deve ser tão severa com a anterior, mas as autoridades não são muito otimistas a respeito do futuro imediato.

O presidente do Banco da Inglaterra (BoE), Mervin King, advertiu no mês passado sobre o impacto negativo que a economia do país poderia ter com o longo fim de semana de celebração do Jubileu de Diamante da rainha Elizabeth II, no início de junho.

O governo britânico prevê oficialmente um crescimento de 0,8% para 2012.

Continua após a publicidade

Publicidade