Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Governo italiano aprova primeiro plano de ajuste

Ajuste inclui aumento da idade para aposentadoria e o aumento de impostos para contribuintes com renda mais alta

Por Da Redação 4 dez 2011, 16h40

O Conselho de Ministros do Governo italiano, presidido pelo primeiro-ministro Mario Monti, aprovou neste domingo o primeiro ajuste orçamentário do Executivo de tecnocratas, o qual será explicado pelo primeiro-ministro nesta segunda-feira no Parlamento da Itália, informaram fontes governamentais. Entre as reformas previstas, estão a liberalização dos serviços profissionais, o aumento de impostos para contribuintes com renda mais alta, a criação de novos impostos sobre bens privados e habitação e o aumento da idade para aposentadoria.

Leia também:

Itália: o verdadeiro desafio de Mario Monti começa agora

Monti tem a difícil tarefa de recuperar a economia do país, abalada pela recessão que reduziu as previsões de crescimento do país. Neste domingo, ele chegou a se reunir com sindicatos para detalhar as medidas para reduzir o déficit da Itália, avaliado em 24 bilhões de euros.

A aprovação do pacote é vital para que os mercados financeiros voltem a confiar na economia do país, antes liderada pelo ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi – que oficializou sua renúncia no último dia 12 de novembro.

O primeiro-ministro prometeu aos parceiros da União Europeia que a Itália vai cumprir sua promessa de equilibrar seu orçamento em 2013, apesar do crescimento econômico mais lento até lá, e reiterou essa promessa na reunião com os sindicatos.

Continua após a publicidade
Publicidade