Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo deve adiar adiantamento de 13º a aposentados — previsto para agosto

Fazenda busca solução para o problema até o fim do mês, mas ainda não há previsão de nova data para o pagamento

A dois dias das manifestações programadas para todo o país, o governo decidiu que não vai pagar em agosto o adiantamento do 13º salário de aposentados e pensionistas do INSS. Fonte do Ministério da Fazenda confirmou que a decisão foi tomada. As manifestações estão previstas para o próximo domingo.

LEIA TAMBÉM:

Dilma estuda reajuste das aposentadorias com base na inflação da terceira idade

Senado impõe derrota ao governo e aprova reajuste automático a aposentados

O pagamento no mês de agosto de 50% do abono aos beneficiários da Previdência Social não é obrigatório, mas o governo vinha adotando essa prática de fazer o adiantamento desde 2006. No ano passado, um decreto assinado pela presidente Dilma permitiu que os repasses fossem feitos entre 25 de agosto e 5 de setembro. O valor foi creditado junto com o pagamento do benefício mensal.

LEIA TAMBÉM:

Dilma veta extensão da regra de correção do mínimo a todos os aposentados

De acordo com um auxiliar do ministro Joaquim Levy, a pasta tenta encontrar uma solução para o problema até o fim do mês, mas ainda não há previsão de nova data para o pagamento. O Ministério da Previdência Social não confirma a informação e ressalta que o assunto está sendo tratado pelo Ministério da Fazenda. Oficialmente, a Fazenda ainda não anunciou a decisão.

(Com Estadão Conteúdo)