Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Google compra a Motorola Mobility por US$ 12,5 bilhões

Mobility, parceiro do Android, é o braço da Motorola que fabrica smartphones

Por Da Redação 15 ago 2011, 09h31

O gigante da internet Google anunciou nesta segunda-feira a compra da fabricante de celulares e tablets Motorola Mobility. O negócio está avaliado em 12,5 bilhões de dólares. O acordo já foi aprovado pela direção das duas companhias. Esta representa a maior aquisição já feita pelo Google em toda a história da empresa.

O Google pagará 40 dólares por ação da Motorola Mobility – 63% a mais do que os papéis da companhia fecharam no pregão da última sexta-feira.

O acordo ajudará o Google a competir mais diretamente com a Apple, além de aumentar a pressão sobre a RIM (fabricantes do Blackberry) e a Nokia. Com a aquisição, além de passar a contar com uma plataforma já consolidada em aparelhos móveis, o Google também terá acesso a diversas patentes da Motorola.

Em janeiro deste ano, a Motorola anunciou sua divisão em Motorola Solutions, centrada nos serviços para empresas, e Mobility, focada no consumidor final. A Mobility, então, se refez como um fabricante de smartphones com base no software Android, do Google, mas tem enfrentado a dura concorrência da Apple e dos fabricantes asiáticos de smartphones. A partir de 2012, quando o negócio tem previsão de ser concluído, o gigante da internet vai gerenciar a Motorola Mobility como uma empresa separada, que continuará a ser uma licenciada do Android. O sistema permanecerá como uma plataforma aberta.

“Dado o sucesso fenomenal do Android, estamos sempre procurando novas maneiras de investir no ecossistema Android. É por isso que estou tão animado nesta segunda para anunciar que concordamos em adquirir a Motorola”, escreveu Larry Page, presidente do Google, no blog oficial da empresa.

Continua após a publicidade

Publicidade