Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

França vai investir 2 bilhões de euros para criar empregos

Com plano de emergência, presidente François Hollande tenta impulsionar estagnada economia do país e reduzir desocupação, que encerrou novembro em 10,1%

O presidente francês François Hollande anunciou nesta segunda-feira um plano de emergência que prevê investimento de “mais de 2 bilhões de euros” para a criação de empregos, financiados por cortes orçamentários e sem aumento de impostos.

“Esses 2 bilhões de euros serão financiados sem taxas suplementares de nenhum tipo, ou seja, serão financiados por economias”, disse Hollande ao apresentar uma série de medidas para lutar contra o desemprego, que afeta mais de 3,5 milhões de pessoas na França.

Em seu discurso anual a empresários, Hollande afirmou que a França vive um estado de “emergência econômica e social”. As medidas propostas foram consideradas modestas e excluem discussões sobre a semana de trabalho de 35 horas, de acordo com o presidente francês.

O plano do presidente inclui a capacitação de 500.000 trabalhadores desempregados, além do uso de aprendizes e da ajuda a companhias que contratarem empregados jovens.

Hollande destacou a necessidade de integrar na economia global os jovens que moram em subúrbios franceses, incluindo minorias que enfrentam discriminação na hora de encontrar um emprego. O alto desemprego em comunidades africanas é visto como um dos fatores que levam jovens à violência extremista ou ao tráfico de drogas.

Leia também:

Riqueza dos 62 maiores bilionários se iguala à de metade da população mundial

Economistas preveem alta da Selic de meio ponto percentual já nesta semana

(Com Agência France-Presse)