Clique e assine a partir de 9,90/mês

França supera 3 milhões de desempregados

O número é considerado uma barreira simbólica para o país, para delinear a saúde do mercado de trabalho local

Por Da Redação - 26 set 2012, 09h26

A barreira simbólica de três milhões de desempregados foi superada em agosto na França, confirmou nesta quarta-feira o ministro do Trabalho, Michel Sapin, horas antes da divulgação das estatísticas oficiais. “É muito ruim, ao ritmo que já havia sido registrado antes do verão”, declarou o ministro ao canal France 2.

O número é considerado uma barreira simbólica para o país, para delinear a saúde do mercado de trabalho local. Caso sejam considerados no número de desempregados os trabalhadores que exerceram atividade reduzida, de poucas horas por mês, o resultado alcançaria 4,45 milhões de desempregados.

Leia mais:

Grécia tem 1ª greve geral desde posse do novo governo

Continua após a publicidade

França diz ter espaço para acordo com Alemanha sobre união bancária

França deve anunciar novos impostos para reduzir déficit

Banco da França confirma contração do PIB no 3º trimestre

De acordo com Sapin, os três milhões de desempregados sem nenhuma atividade são o resultado de uma política que o governo socialista encontrou ao chegar ao poder, em maio, e “uma das razões pelas quais os franceses desejaram mudar de presidente”, fala, remetendo ao atual presidente do país, François Hollande.

Continua após a publicidade

(Com agência France-Presse)

Publicidade