Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ford Ka recebe nota 0 em teste de colisão

O veículo é o terceiro mais vendido no Brasil; o resultado negativo teve grande influência da baixa proteção ao passageiro em acidente

O Ford Ka, terceiro veículo mais vendido do Brasil, zerou a pontuação em teste de colisão do Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe, o Latin NCAP. A baixa proteção ao passageiro em uma possível colisão lateral foi o principal motivo do resultado negativo.

Foram realizados dois testes para avaliar a proteção de adultos e crianças no caso de acidentes. No primeiro, o programa revelou um desempenho fraco em caso de colisão lateral em direção ao assento de um ocupante adulto – o impacto possibilita níveis altos de lesões no peito do motorista e até mesmo abertura da porta, expondo o passageiro a outros riscos. Ainda segundo a entidade, o Ka não possui dispositivos de absorção de impacto lateral no painel interior do carro ou na estrutura do veículo.

Entre os pontos positivos, a Latin NCAP classificou a proteção oferecida à cabeça do motorista como adequada, mas a proteção do peito foi mediana, enquanto a área dos joelhos do motorista e do acompanhante mostraram estruturas perigosas.

A proteção da cabeça e do pescoço do acompanhante foi considerada boa, e a do peito adequada. A área dos pés foi classificada como estável, não apresentando rupturas depois do impacto.

Na avaliação geral, a entidade reforçou que o veículo não conta com airbags laterais, reforços estruturais para o impacto lateral nas portas nem com elementos de absorção de impacto. No teste frontal, o veículo apresentou uma alta penetração da barreira móvel. O Ford Ka recebeu nota zero no teste que avaliou a proteção para adultos, a pontuação máxima é de cinco estrelas.

A proteção infantil recebeu três de cinco estrelas. Entre as ressalvas da entidade, está a falta de cintos com três pontos para todos os passageiros do banco traseiro. Assim como no teste anterior, a porta também foi aberta após a simulação de um acidente lateral.

O Sistema de Retenção Infantil (SRI) para crianças de três anos foi capaz de evitar um deslocamento excessivo para frente durante o impacto, proporcionando boa proteção no impacto frontal e no lateral. O desempenho do SRI para crianças de 18 meses também foi considerado bom para o impacto lateral e frontal.

O Ford Ka já havia sido avaliado anteriormente em testes de impacto frontal em 2015, alcançando quatro estrelas para o ocupante adulto.

Procurada, a Ford informou que o veículo Ka está disponível no Brasil desde 1997 e cumpre integralmente com a legislação brasileira. “O Ka também oferece equipamentos de série que vão além das exigências locais de segurança, como distribuição eletrônica de freios (EBD), ISOFIX (para ancoragem de bebê conforto), encosto de cabeça e cinto de segurança de três pontos no banco traseiro central e lembrete de uso do cinto de segurança para o banco do motorista”.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Em suma. É um lixo de carro.

    Curtir