Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Focus: Selic abaixo de dois dígitos em 2017 e PIB de 2,2% em 2018

A redução na expectativa da taxa de juros ocorre após corte anunciado na semana passada que surpreendeu analistas de mercado

Por Da redação Atualizado em 16 jan 2017, 08h58 - Publicado em 16 jan 2017, 08h53

O mercado financeiro prevê que a taxa básica de juros, a Selic, feche 2017 abaixo de dois dígitos, em 9,75% ao ano, segundo Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira. A previsão é um recuo ante a aposta da semana anterior, de 10,25%, e acontece após o Banco Central ter anunciado redução da taxa em 0,75 ponto percentual, para 13% na última quarta feira. O boletim traz também a primeira previsão para o PIB em 2018, de alta de 2,2%. Para este ano, a aposta é de 0,50%, inalterada desde três semanas atrás.

A redução da Selic na última semana surpreendeu o mercado, que previa redução de 0,5 ponto porcentual e agora passa a apostar em um novo corte de 0,5 ponto porcentual para a próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) marcada para os dias 21 e 22 de fevereiro. Se confirmada essa previsão, a Selic ficaria em 12,50%. Ao longo de 2016, as apostas para a Selic ao fim deste ano permaneceram acima dos dois dígitos.

A Selic é a taxa usada como referência para definir os juros pagos em diversos contratos do sistema financeiro, de empréstimos para a compra de imóveis a cartões de crédito.

Outra expectativa que sofreu alteração em relação ao Focus da última semana é a do dólar, previsto para encerrar 2017 a 3,40 reais. Na previsão anterior, estava em 3,45 reais. A previsão para a inflação no ano medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) recuou 0,01 ponto porcentual, para 4,80%. A meta estabelecida pelo Copom para 2017 é de inflação de 4,5%, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou para menos – ou seja, um intervalo de 3% a 6%.

Continua após a publicidade

Publicidade