Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fitch reduz nota de cinco bancos europeus

A agência de classificação de risco financeiro Fitch reduziu nesta quarta-feira as notas das dívidas a longo prazo de cinco bancos europeus.

A decisão envolve cinco bancos de varejo – os franceses Credit Agricole e Credit Mutual, o dinamarquês Danske Bank, o finlandês OP-Pohjola Group e o holandês Rabobank- que foram considerados menos sólidos devido “aos ventos desfavoráveis para o setor bancário em seu conjunto”.

Fitch reduziu a nota dos bancos franceses e do OP-Pohjola Groupe para “A+”, enquanto a nota do Danske Bank caiu a “A” e a do Rabobank, para “AA”.

“Todos estes bancos estão expostos à opinião dos mercados de capitais para que seu modelo econômico funcione além do curto prazo”, destacou a agência. “A queda nas classificações reflete um fenômeno maior de ventos desfavoráveis para o setor bancário em seu conjunto”.

“A exposição aos países da zona do euro em dificuldades afetando as filiais orientou diretamente a decisão sobre o Danske Bank e o Credit Agricole”.

“Para os demais bancos, a Fitch estima que a crise da zona do euro também tem consequências negativas indiretas”.

O Credit Agricole anunciou nesta quarta-feira um plano de reestruturação que inclui demissões, reorganização de atividades nos mercados financeiros, revisão do valor de vários ativos e o fechamento de filiais em 21 países.