Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Famoso bar cubano prepara daiquiri de 275 litros para entrar no Guinness

Havana, 21 jul (EFE).- O bar cubano Floridita, um dos favoritos do escritor americano Ernest Hemingway, preparou neste sábado um daiquiri gigante, de 275 litros, para comemorar o 195º aniversário do local e entrar para o livro dos recordes.

Em 33 minutos, doze ‘barmen’ prepararam em uma série de coqueteleiras dispostas no célebre balcão do Floridita o equivalente a 1.466 daiquiris convencionais. A típica bebida cubana foi servida em uma enorme taça, obra do artista local Lázaro Navarrete.

Para chegar a essa marca foram usadas 88 garrafas de rum branco e grande quantidade dos outros ingredientes do drinque, como suco de limão, açúcar e gelo picado.

Os ‘barmen’, ajudados por 55 funcionários do local, realizaram seu trabalho sob o olhar da estátua de bronze de Hemingway, esculpida em tamanho natural e que num dos extremos do balcão é um dos atrativos do Floridita.

Quando a gigante taça de daiquiri foi completada, os presentes cantaram feliz aniversário para a estátua, pois hoje faz 113 anos do nascimento do autor de o ‘Velho e o Mar’.

Com o super coquetel o Floridita pretende entrar no Livro Guinness dos recordes. No entanto, o gerente do bar, Andrés Arencibia, disse que só daqui a três semanas saberá se a marca foi validada.

O mítico bar em Havana completou em 6 de julho 195 anos como um dos estabelecimentos mais famosos e mais frequentados pelos turistas de Cuba, e onde, reza a lenda, foi criado o daiquiri.

Encravado em Havana Velha, na esquina das ruas Obispo e Monserrate, o estabelecimento foi aberto em 1817 com o nome de ‘La Piña de Plata’, e desde então inúmeras personalidades do mundo da política, literatura, arte, música e cinema passaram pelo local.

Um de seus clientes famosos mais assíduos e que marcou a história do bar foi Hemingway, que ia quase diariamente ao Floridita durante a época em que viveu em Cuba. EFE