Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Exxon deve receber 908 milhões de dólares da Venezuela

Arbitragem internacional decidiu a favor da petroleira depois da nacionalização de ativos promovida pelo governo de Chávez

Por Da Redação 1 jan 2012, 10h46

A Exxon Mobil, maior petroleira de capital aberto do mundo, informou neste domingo que venceu disputa com a Venezuela em arbitragem internacional em decorrência da nacionalização de ativos promovida pelo governo de Hugo Chávez. A partir da decisão, a empresa deverá receber 908 milhões de dólares do governo venezuelano.

No entanto o valor é inferior ao solicitado pela companhia americana. Fontes do governo disseram à Reuters que consideraram o veredicto favorável ao país, mas não revelaram quanto foi pedido pela companhia americana. “A decisão do ICC confirma que a a petroleira estatal PDVSA tem uma obrigação contratual com a Exxon Mobil”, afirmou um funcionário da companhia por e-mail.

A decisão da Câmara de Comércio Internacional (ICC) a favor da Exxon Mobil foi divulgada no último sábado.

Histórico – A Exxon mantinha associação com a PDVSA para extrair petróleo na faixa Orinoco, região com grandes reservas petrolíferas. No entanto, a petroleira junto com a ConocoPhillips se retiraram do país depois de ocupação de seus negócios pela PDVSA, que agora mantém participação majoritária em todos os projetos petrolíferos do país.

Com isso, as duas empresas introduziram arbitragens contra a Venezuela em 2007, solicitando compensações bilionárias pela perda de ativos no país.

(Com Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade