Clique e assine a partir de 9,90/mês

Executiva do Google assumirá presidência do Yahoo

Por Da Redação - 17 jul 2012, 10h22

Por AE

San Francisco – O Yahoo entrou na casa de seu maior inimigo para tentar sair da crise que há anos assola a ex-gigante da internet. A partir de agora, Marissa Mayer, 37 anos, uma das principais executivas do Google, é a nova presidente da empresa. Ela foi a vigésima funcionária contratada pelo Google e sua saída é considerada um movimento surpreendente do Yahoo, já que o mercado esperava a efetivação de Ross Levinsohn, que estava no cargo interinamente desde maio.

A chegada de Marissa, considerada uma das poucas faces públicas do Google, vem em um momento em que o Yahoo precisa urgentemente se reinventar. Em cinco anos, a empresa perdeu 50% de seu valor de mercado. A executiva chega em um momento de baixa autoestima para o Yahoo: além de ter promovido milhares de demissões, a empresa trocou de comando três vezes em menos de um ano.

A companhia, que antes disputava o mercado de buscas com o Google, agora se considera uma companhia de conteúdo de mídia. Durante o Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade, no mês passado, Levinsohn disse que há dois caminhos a serem seguidos: o desenvolvimento de conteúdos em parcerias com anunciantes, que trazem receitas, e o foco no desenvolvimento de soluções para internet em smartphones.

Continua após a publicidade

O foco nos dispositivos móveis seria justamente um dos talentos da nova presidente. Em 2009, ela descreveu o mecanismo de busca perfeito: “Seria algo capaz de entender fala, perguntas, frases, as entidades a respeito sobre as quais estamos falando. Seria capaz de vasculhar toda a informação do mundo.” A “profecia” de Marissa se parece muito com dispositivos de voz atuais, como o Siri, da Apple. O Google deverá entrar com tudo nesse mercado nas próximas semanas, com o Google Now. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Publicidade