Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

EUA apoiarão ideia de novo empréstimo do FMI à Grécia

Por Chip Somodevilla 19 fev 2012, 19h58

Os Estados Unidos apoiarão a ideia de um novo empréstimo do Fundo Monetário Internacional (FMI) à Grécia após o acordo entre a classe política grega e a União Europeia relativo a novas reformas econômicas no país, anunciou neste domingo o secretário do Tesouro, Timothy Geithner.

“É um conjunto de reformas muito sólido e muito difícil que merece o apoio da comunidade internacional e do FMI. Os Estados Unidos estimularão o FMI a apoiar este acordo”, afirmou Geithner em um comunicado.

O ministro comemorou o programa de reformas estabelecido e “o apoio público manifestado pelas grandes economias europeias”.

Depois de ter chegado a um acordo, os sócios da Grécia na Zona Euro, cujos ministros das Finanças se reunirão na segunda-feira em Bruxelas, deverão chegar a um acordo em torno uma solução para evitar uma suspensão de pagamentos por parte de Atenas.

O FMI, que decidiu em maio de 2010 um empréstimo de 30 bilhões de euros à Grécia, como parte de um plano de resgate internacional de 110 bilhões, permaneceu em silêncio durante os últimos meses sobre a questão de um novo crédito.

Seus Estados membros estão divididos sobre a ideia de voltar a financiar um país que não cumpriu seus compromissos.

Os Estados Unidos, maiores acionistas do Fundo, têm bastante direito de voto na instituição com sede em Washington para bloquear qualquer decisão.

Segundo o Wall Street Journal, o FMI analisa a contribuição para um novo plano de ajuda internacional de até 13 bilhões de euros.

Continua após a publicidade
Publicidade