Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Espanha reduz importação de petróleo do Irã; aumenta da Nigéria

MADRI, 9 Abr (Reuters) – A importações de petróleo bruto da Espanha a partir do Irã caíram em janeiro, enquanto os o fornecimentos da Nigéria e do Iraque aumentou bastante após as sanções impostas pela União Europeia à República Islâmica, mostraram dados oficiais na segunda-feira.

Em seu último boletim mensal, o Conselho de Reservas Estratégicas de Hidrocarbonetos (CORES) estimou que a Espanha importou 279 mil toneladas de petróleo do Irã, uma queda de 31 por cento frente à dezembro.

A participação do Irã nas importações totais da Espanha caiu para 6 por cento em janeiro ante 9,5 por cento em dezembro.

A Espanha, que precisa importar praticamente todo o seu petróleo, aumentou as compras da Nigéria, Iraque e Líbia, onde a produção retornou ao normal após a guerra civil do ano passado.

A União Europeia impôs sanções ao Irã em 23 de janeiro por conta do programa nuclear da república islâmica, mas os importadores têm até 1o de julho para executar os contratos previamente assinados.

Fontes comerciais disseram esperar que as importações de petróleo do Irã pela Espanha tenham caído ainda mais em fevereiro.

A maior refinaria da Espanha, a Repsol, temse recusado repetitivamente a comentar detalhes sobre suas compras de petróleo mas, em fevereiro, o governo disse que as duas maiores companhias de petróleo do país tinham arranjado contratos com a Arábia Saudita, Rússia e, em menor grau, o Iraque.

(Reportagem de Martin Roberts)

REUTERS LC FG