Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

ENTREVISTA-Recessão em Portugal pode estar recuando–ministro

Por Da Redação 21 abr 2012, 17h53

Por Stella Dawason

WASHINGTON, 21 Abr (Reuters) – O pior período da retração econômica de Portugal pode estar chegando ao fim, embora as condições continuem complicadas, disse no sábado o ministro das Finanças, Vitor Gaspar.

Portugal está enfrentando a sua pior recessão desde a década de 1970, com a taxa de desemprego em dois dígitos e seu governo banido do mercado financeiro. O país recebeu um resgate de 78 bilhões de euros e o governo espera que a economia tenha retração de 3,3 por cento esse ano, chegando a um crescimento mínimo de 0,3 por cento em 2013.

“Se você olhar para os indicadores conjunturais, os últimos indicadores disponíveis sugerem que o ritmo de queda pode ter diminuído durante ou perto do final do primeiro bimestre,” disse Gaspar numa entrevista.

“Estamos no caminho certo” para alcançar as previsões econômicas de Lisboa, disse ele. “Ou, deixe-me dizer isso de outra maneira: a evidência que estamos vendo não é incompatível com estar no caminho certo, o que é mais cauteloso.”

Esse caminho seria um alívio para os mercados financeiros, já que alguns investidores estão preocupados que Portugal possa seguir o caminho da Grécia e precise de mais dinheiro de ajuda.

Gaspar enumerou uma série de sinais animadores: o recolhimento de impostos está “intacto” apesar da crise, o déficit em contas correntes está diminuindo e o crédito bancário permanece disponível.

“O ajuste em algumas dimensões está avançando muito mais rápido,” disse ele.

Continua após a publicidade
Publicidade