Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Empresas captam R$ 20,3 bi no mercado local no trimestre

Por Da Redação - 9 abr 2012, 16h09

Por Cynthia Decloedt

São Paulo – As companhias brasileiras captaram no mercado doméstico R$ 20,3 bilhões nos primeiros três meses de 2012, informou nesta segunda-feira a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) no boletim Mercado de Capitais de abril. O montante é 21% inferior ao captado no primeiro trimestre de 2011.

As ofertas de debêntures representaram 70% do total captado no primeiro trimestre, somando R$ 14,2 bilhões no período. O volume é 62% superior ao emitido em debêntures no primeiro trimestre do ano passado. Apenas em março as ofertas de renda fixa alcançaram R$ 5,5 bilhões, sendo R$ 5 bilhões em debêntures, diz a Anbima.

A associação observou aumento das ofertas feitas por meio da instrução CVM 400, de distribuição ao varejo. Segundo a associação, este ano 32% dos ativos foram distribuídos por esta modalidade, enquanto 68% foram ofertados com esforços restritos, via instrução CVM 476. No mesmo período de 2011, mais de 82% dos títulos de renda fixa haviam sido emitidos por meio da instrução CVM 476.

Publicidade

As notas promissórias foram o segundo instrumento, depois das debêntures, mais utilizado pelas companhias para captar recursos no mercado de capitais. No primeiro trimestre de 2012, foram emitidos R$ 2,943 bilhões desses papéis, respondendo por 14,5% do total captado.

A Anbima informa que as ofertas de ações de companhias domésticas não foram retomadas, apesar das atuais seis ofertas em análise na CVM. Março foi o quinto mês sem ofertas de títulos de renda variável no mercado local e internacional.

Publicidade