Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Emprego industrial em SP recua 1,3% em 2011, diz IBGE

Por Alessandra Saraiva

Rio de Janeiro – Na contramão da média nacional da indústria, que apresentou emprego em alta (1%), a indústria paulista fechou 2011 com queda de 1,3% no emprego industrial, a pior desde 2009 (-3,3%).

Segundo o economista do Departamento de Indústria do IBGE, Fernando Abrita, o desempenho negativo de São Paulo segurou o avanço do emprego industrial no ano passado, que cresceu abaixo da taxa de 2010 (3,4%).

O principal destaque negativo foi papel e gráfica. Somente nesta atividade o emprego industrial caiu 15,4% no ano passado. Abrita lembrou que, em 2011, o preço da celulose não tem sido convidativo no mercado internacional. Isso não estimula novas contratações no ramo de papel e gráfica.

Outro setor que também contribuiu para a despencada do emprego industrial paulista foi de vestuário. O número de vagas neste setor caiu 7,9% em 2011. “Há muito tempo a indústria do vestuário tem sido afetada pela concorrência com importados, que diminuiu ritmo de atividade”, lembrou.