Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Emergente deve se voltar a consumo interno, diz Lagarde

Diretora-gerente do FMI diz que recuperação da Europa, Estados Unidos e Japão é frágil e tímida: "Não há que se relaxar"

Por Da Redação 26 jan 2013, 12h29

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, disse neste sábado que os mercados emergentes devem se proteger contra as crises. Para ela, países emergentes, como a China, precisam “reequilibrar os negócios para estarem mais orientados ao consumo interno”.

Leia também:

Grã-Bretanha aproxima-se da terceira recessão em 4 anos

Número de desempregados na Espanha fica em quase 6 milhões

Congresso aprova três meses de fôlego a Obama

Fórum Econômico Mundial em Davos

Lagarde afirmou que, a despeito das previsões mais otimistas divulgadas nas últimas semanas sobre a economia global em 2013, ainda há motivos de preocupação. Segundo ela, as previsões indicam uma recuperação frágil e tímida. “Líderes da Europa, Estados Unidos e Japão precisam tomar medidas”, disse. “Não há que se relaxar.”

A diretora do FMI afirmou que é preciso realizar a união bancária e fiscal na Europa, além de reformas estruturais para dar mais competitividade na zona do euro. Para os EUA, a diretora do FMI diz que a situação parece um pouco melhor. “Temos de continuar nesse caminho e a um ritmo adequado”, disse.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade