Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em vídeo, a mudança de discurso de Lula sobre as agências de classificação de risco

Ex-presidente comemorou a elevação da nota brasileira em 2008; em 2015, ele diz que rebaixamento "não significa nada"

Em um intervalo de sete anos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou de comemorar a avaliação das agências de classificação de risco para dar de ombro para elas. Nesta quinta-feira, depois de a agência Standard & Poor’s tirar do Brasil o selo de bom pagador, Lula afirmou que a mudança “não significa nada”. Assista aos vídeos que mostram a mudança de discurso.

Lula e as agências de classificação de risco em 2008

Lula e as agências de classificação de risco em 2015

https://www.youtube.com/watch?v=m09hmj1Etm0

Leia mais:

Probabilidade de rebaixamento do Brasil é ‘superior’ a 50%, diz Fitch​

Quando a nota sobe, agência de classificação de risco é boa – e quando cai, não?