Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em nota, Petrobras lamenta acidente com navio-plataforma

Segundo a estatal, havia 74 funcionários embarcados no navio na hora do acidente

A Petrobras enviou um comunicado ao mercado nesta quarta-feira em que disse lamentar o acidente ocorrido às 12h50 com o navio-plataforma Cidade São Mateus, em que três pessoas morreram e dez ficaram feridas. A estatal informou a Agência Nacional de Petróleo e Gás Natural (ANP) sobre o acidente às 14 horas, mas a nota oficial foi divulgada apenas às 18 horas.

Segundo a estatal, a unidade opera, desde junho de 2009, nos campos de Camarupim e Camarupim Norte, no litoral do Espírito Santo, a cerca de 120 km da costa. Havia um total de 74 trabalhadores embarcados no navio-plataforma que pertence à norueguesa BW Offshore, mas que era terceirizado para a Petrobras.

Leia também:

Em 2001, acidente na P-36 matou dez funcionários da Petrobras

A estatal afirmou que está auxiliando a BW a prestar a assistência aos seus funcionários e familiares. “O acidente foi controlado a partir do imediato acionamento do Plano de Emergência com a mobilização de todos os recursos necessários”, afirmou a Petrobras.

A concessão de Camarupim é operada pela Petrobras e a de Camarupim Norte é uma parceria entre a Petrobras (65%) e a empresa Ouro Preto Energia (35%).

Explosão navio-plataforma da Petrobras Cidade de São Mateus (ES) Explosão navio-plataforma da Petrobras Cidade de São Mateus (ES)

Explosão navio-plataforma da Petrobras Cidade de São Mateus (ES) (/)