Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Eletrobras aprova capitalização de 5,148 bilhões de reais

Estatal tem plano de investimento de 9 bilhões de reais para 2011

Por Da Redação 11 jan 2011, 17h26

Os acionistas da Eletrobras aprovaram nesta terça-feira o processo de capitalização da empresa. Por meio da Assembleia Geral de Acionistas (AGE), foi dado o aval para o aumento de capital da companhia no valor de 5,148 bilhões de reais. A União será a única acionista com direito a participar da operação, pois a operação tem como objetivo quitar a dívida da empresa junto ao governo. Trata-se dos créditos dos Adiantamentos para Futuro Aumento de Capital (Afacs) – um mecanismo usado pela União para capitalizar a Eletrobras, visando a aquisição de participações estratégicas no setor elétrico brasileiro, como na estatal gaúcha CEEE e na CGTEE. O valor da operação corresponde ao total acumulado nessa dívida – desde a década de 90 – corrigido pela Selic, a taxa básica de juros da economia, até a data da realização da assembleia.

O prazo para subscrição foi fixado para o período de 14 de janeiro a 14 de fevereiro. De acordo com Armando Casado, diretor financeiro da Eletrobras, o valor das ações usado na operação é de 22,61 reais para as ordinárias (ON, com direito a voto) e de 27,01 reais para as preferenciais (PNB, sem direito a voto).

Com a operação, o executivo explicou que haverá melhora nos resultados da empresa. Isso porque, com uma dívida de 5 bilhões de reais e levando em conta a taxa Selic média de 10%, o repasse de ações da Eletrobras para a União evitará o pagamento de cerca de 500 milhões de reais por ano em juros. O executivo destacou que essa operação também melhora a relação com os acionistas, pois essa dívida interferia na distribuição de dividendos.

Recentemente, o governo federal transferiu parte dos créditos a receber da Eletrobras ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), antecipando o recebimento dos recursos. Com isso, o banco de fomento também se tornou detentor dos créditos do Afac.

Segundo Casado, o plano de investimentos para as empresas do grupo Eletrobras em 2011 é de cerca de 9 bilhões de reais.

(com Agência Estado)

Continua após a publicidade

Publicidade