Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Economia da Índia já cresce mais que a da China

Entre julho e setembro, alta do PIB indiano foi de 7,4%; no mesmo período, avanço chinês foi de 6,9%

Por Da Redação 30 nov 2015, 11h13

O crescimento econômico da Índia ganhou força no trimestre de julho a setembro, em desempenho puxado pela melhora da demanda doméstica e da atividade industrial. O avanço indiano anualizado foi de 7,4% no período, alta superior à do trimestre anterior, que foi de 7%. Com esse crescimento, o produto interno bruto (PIB) indiano teve desempenho mais forte que a China, que cresceu 6,9% entre julho e setembro.

Esse resultado pode convencer o banco central indiano a deixar inalterada a taxa de juros na reunião marcada para este terça-feira. O BC indiano deve manter a taxa de juros após um corte maior do que o esperado, de 0,5 ponto percentual, em sua última reunião.

Embora a taxa de crescimento da Índia pareça boa, o resultado se deve em parte à mudança de métodos estatísticos, que buscam capturar mais evidências da atividade econômica. Outros termômetros, como crescimento do crédito bancário, empregos e demanda do consumidor, mostram um cenário não tão bom, dizem analistas.

De qualquer forma, os números não deixam de mostrar como a Índia está com ritmo melhor que a média das economias emergentes, que têm tido dificuldades com os problemas globais e, também, a desaceleração chinesa. A Índia tem ganhado destaque por seus esforços de diversificação da economia.

Leia mais:

Índia faz acordos bilionários para renovar seus caóticos trens

(Com Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade