Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Economia brasileira tem crescimento zero no 2o tri-IBGE

RIO DE JANEIRO (Reuters) – A economia brasileira ficou estagnada no terceiro trimestre deste ano em comparação ao segundo, com a primeira queda no consumo das famílias em quase três anos, informou o IBGE nesta terça-feira.

O Produto Interno Bruto (PIB) registrou crescimento zero entre julho e setembro na comparação com os três meses anteriores, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já na comparação com o terceiro trimestre de 2010, houve uma expansão de 2,1 por cento.

O resultado da comparação trimestral confirmou pesquisa Reuters, onde a mediana das previsões dos economistas era zero. Mas na comparação anual, a expectativa era de um crescimento do PIB de 2,4 por cento.

Na comparação entre o terceiro trimestre e o segundo, o consumo das famílias, um dos motores da economia nos últimos trimestres, caiu 0,1 por cento, a primeira queda desde o quarto trimestre de 2008.

A formação bruta de capital fixo -uma medida de investimentos-, outro importante motor da economia, recuou 0,2 por cento, e o consumo do governo também teve contração, de 0,7 por cento no período.

Na mesma comparação, a agropecuária teve expansão de 3,2 por cento, mas a indústria registrou contração de 0,9 por cento e o setor de serviços queda de 0,3 por cento.

(Por Rodrigo Viga Gaier e Jeb Blount)