Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Dongkuk aprova US$ 4,8 bi para siderúrgica no Brasil

Por Da Redação 9 dez 2011, 08h49

Por Álvaro Campos

Seul – O conselho administrativo da Dongkuk Steel Mill aprovou um plano para construir uma siderúrgica de US$ 4,87 bilhões no Brasil até 2015, em joint venture com a Posco e a Vale.

“Nós faremos este investimento principalmente para fornecer chapas da unidade brasileira para a nossa fábrica coreana”, afirmou Kim Sun-hong, porta-voz da Dongkuk. Essas chapas são usadas em placas espessas de aço, utilizadas na construção de navios. Atualmente a Dongkuk importa mais de 90% das suas chapas, principalmente do Brasil e Japão.

Por meio da sua participação na Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), a Dongkuk terá uma fatia de 30% na fábrica no Brasil, que terá capacidade de 3 milhões de toneladas por ano. A Vale ficará com uma participação de 50%, enquanto a Posco deterá os 20% restantes.

A CSP planeja levantar 50% do investimento necessário por meio de empréstimos, enquanto os outros parceiros vão arcar com a outra metade dos US$ 4,87 bilhões. A Dongkuk vai investir US$ 730 milhões com dinheiro que tem em caixa, segundo seu porta-voz.

Nos três primeiros anos de produção, a Dongkuk e a Posco vão ter uma opção para comprar metade da participação da Vale na unidade. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade

Publicidade