Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Dilma recebe secretário do Tesouro americano na segunda

Por Da Redação 5 fev 2011, 13h15

A presidente Dilma Rouseff receberá na segunda-feira o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Timothy Geithner, no primeiro encontro entre um alto representante da administração de Barack Obama e o novo governo brasileiro. A vinda de Geithner ao Brasil é interpretada como uma espécie de preparação para a de Obama, em março.

A viagem do secretário foi anunciada na última terça pelo próprio escritório do Tesouro americano, que, em comunicado oficial, ressaltou “a importância da cooperação econômica e financeira com o Brasil” e considerou o país “crucial” na “sólida e produtiva” relação que os EUA mantêm com a primeira economia latino-americana. “O secretário consultará [o Brasil] sobre temas bilaterais comuns e objetivos do G 20 – grupo reúne os países ricos e os principais emergentes – para impulsionar um crescimento global equilibrado e reformar as instituições financeiras internacionais”, acrescentou a nota.

Antes de ser recebido por Dilma, Geithner se reunirá com representantes do governo, como o ministro da Fazenda, Guido Mantega, com quem examinará assuntos centrados na próxima reunião do G20, a ser realizada entre os dias 18 e 19 de fevereiro em Paris.

Fontes oficiais citadas neste sábado pelo jornal Correio Braziliense indicaram que um dos pontos da conversa será a intenção da França de estabelecer um sistema de controle de preços global para as matérias-primas e os alimentos, ao que se opõem Brasil e Estados Unidos.

Durante sua estadia no Brasil, está previsto que Geithner faça uma breve visita a São Paulo para se reunir com líderes empresariais e economistas.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade