Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dilma: instabilidade do câmbio tem origem externa

Por Lisandra Paraguassu, enviada especial

Nova York – A presidente Dilma Rousseff avaliou que a instabilidade na cotação das diversas moedas hoje é mais um movimento de instabilidade dos mercados internacionais. “Eu tenho a declarar que esses movimentos de instabilidade das moedas hoje, porque não foi só o real, houve uma modificação na relação dólar-demais moedas, onde o dólar vinha se desvalorizando e as outras moedas se valorizando, é mais um movimento de instabilidade dos mercados internacionais”, disse a presidente em entrevista à imprensa brasileira, lembrando que, nos últimos dias, “houve uma fuga para segurança” e por isso esse movimento de cotação das moedas se inverteu com a valorização do dólar.

Dilma disse ainda que, mesmo considerando importante e entendendo porque é relevante para alguns países expandirem sua política monetária e colocarem seus juros a zero, esse fato cria uma “competitividade indevida” para a economia desses países. “Indevida porque cria uma valorização da moeda dos países que não fizeram isso extremamente adversa. Porque nós teremos uma valorização do real que não é sistêmica, mas alterada por fatores que não são aqueles baseados no mercado, mas na política”.