Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dilma celebra leilão: ‘as grandes operadoras ganharam’

Segundo a presidente, valor arrecadado no certame coloca em evidência o interesse das empresas estrangeiras pelo Brasil

O governo comemorou o resultado do leilão dos aeroportos do Galeão e de Confins, concluído nesta sexta-feira, rendendo à União 20,8 bilhões de reais – 19 bilhões pagos por Galeão e 1,82 por Confins. Em uma rápida entrevista na sua chegada a Fortaleza, onde anunciará a liberação de recursos para ampliação do metrô da capital cearense, a presidente Dilma Rousseff afirmou que o resultado foi “muito bom” e “acima das expectativas”.

A presidente deixou clara sua satisfação pelo fato de duas operadoras aeroportuárias de renome terem arrematado os dois empreendimentos. No leilão de Guarulhos, Dilma se mostrou descontente pelo fato de os consórcios vencedores serem compostos por empresas com experiência em aeroportos menores que os brasileiros. “O total (a ser arrecadado) dá R$ 20,839 bilhões. O que é muito importante porque evidencia o interesse dessas empresas no Brasil. Porque quem ganhou foram grandes empresas de aeroportos. No Galeão, quem ganhou foi uma parceria da Odebrecht com a grande empresa aeroportuária Changi. E quem ganhou em Confins foram as empresas CCR com a Munich e a Zurich. São grandes empresas administradoras de aeroportos”, afirmou a presidente.

Leia também:

Disputa por Galeão e Confins será acirrada, diz Odebrecht

Galeão e Confins serão privatizados hoje – ainda à sombra da Infraero

Rumo certo – O ministro da Secretaria da Aviação Civil (SAC) Wellington Moreira Franco disse que o resultado do leilão dos aeroportos de Galeão e Confins mostra a grande confiança da iniciativa privada no futuro do Brasil, para contribuir na “profunda mudança na infraestrutura” e “levá-la ao século XXI”. “Os números do leilão mostram que o país está no rumo certo”, afirmou, após o certame realizado nesta manhã.

Ele salientou que o Brasil precisa elevar o investimento sobre o potencial do Produto Interno Bruto (PIB) e que sozinho o governo não consegue elevar essaparticipação, por isso destacou a necessidade do apoio do capital privado.

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, utilizou nesta sexta-feira sua conta no Twitter para comemorar o resultado do leilão. “O sucesso do leilão de Galeão e Confins confirmou nossas expectativas”, postou a ministra.

Leia também:

Governo patina na hora de privatizar – mas ainda dá tempo de aprender

Entenda o que são as concessões do governo Dilma

Segundo ela, o resultado mostra que “as grandes operadoras aeroportuárias apostaram no Brasil”. “A parceria com a iniciativa privada vai acelerar os necessários investimentos dos aeroportos”, afirmou. “Esperamos mais e melhores serviços aos usuários, pessoas, empresas, produtos”, acrescentou Gleisi em mais uma postagem.

(Com Estadão Conteúdo)