Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Demanda por voos é a maior desde 2000; oferta despenca

Segundo dados da Anac, demanda por voos domésticos cresceu 2,37% em dezembro. Já a oferta de assentos no período, caiu 7,39%

A demanda do transporte aéreo doméstico de passageiros cresceu 2,37% em dezembro de 2012 na comparação com o mesmo período de 2011, segundo dados divulgados na manhã desta segunda-feira pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). De acordo com a agência, trata-se do maior nível de demanda para o mês de dezembro desde o início da série Dados Comparativos, em 2000. Já a oferta de assentos teve redução de 7,39% no mesmo período.

A taxa de ocupação dos voos domésticos de passageiros alcançou 77,73% em dezembro, ante 70,72% no mesmo mês do ano anterior – aumento de sete pontos porcentuais. De acordo com a Anac, essa é a melhor taxa de ocupação para o período desde 2000.

Companhias – Em relação à participação de mercado, TAM e Gol lideraram o mercado doméstico em dezembro de 2012, com participação de 43,66% e de 34,42%, respectivamente. A participação das demais empresas apresentou redução de 10,45%, passando de 24,48%, em dezembro de 2011, para 21,92%, em dezembro de 2012.

Entre as empresas que apresentaram participação no mercado doméstico superior a 1%, a Avianca e a Trip tiveram as maiores taxas de crescimento da demanda, quando comparadas com o mesmo mês de 2011: 67,96% e 11,42%, respectivamente. As maiores taxas de ocupação em dezembro de 2012 foram alcançadas pela Avianca e pelo Grupo TAM, com 82,27% e 81,89%, respectivamente.

No caso da Gol, que teve queda de 21% na oferta de assentos no mercado doméstico, na comparação com igual mês de 2011, a companhia disse nesta segunda-feira em comunicado que o fim das operações da Webjet, no final de novembro, contribuiu para o recuo e que vem implementando uma estratégia de racionalização da oferta no mercado nacional.

Acumulado – No acumulado de janeiro a dezembro de 2012, a demanda do transporte aéreo doméstico de passageiros teve crescimento de 6,79%, em relação ao mesmo período de 2011, chegando aos 86,9 milhões de passageiros. A oferta de voos avançou 2,72%. Também no acumulado do ano passado, a taxa de ocupação dos voos domésticos de passageiros cresceu de 70,17% em 2011 para 72,95% em 2012.

No período, as empresas de maior porte alcançaram participação de mercado de 74,69%, sendo 40,79% para TAM e 33,91% para a Gol. A fatia das demais empresas passou de 21,42% para 25,31% em relação ao mesmo período do ano anterior. A Avianca e a Trip registraram o maior crescimento na participação em 2012, em relação a 2011: a primeira passou de 3,14% para 5,36% e a segunda, de 3,24% para 4,47%.

Internacional – No transporte aéreo internacional, a demanda de passageiros das empresas aéreas brasileiras cresceu 5,95% em dezembro de 2012, se comparada com o mesmo mês de 2011. Já a oferta registrou aumento de 13,20% no mesmo período. Segundo a Anac, são os maiores níveis de demanda e de oferta para dezembro desde o início da série histórica.

A taxa de ocupação dos voos internacionais de passageiros operados por empresas brasileiras caiu para 71,75% em dezembro de 2012, contra 76,66% do mesmo mês de 2011. No acumulado de 2012, a demanda de passageiros das empresas aéreas brasileiras por voos internacionais em 2012 teve aumento de 0,32% em relação a 2011. Já a oferta registrou redução de 0,01% em relação a 2011.

(Com Estadão Conteúdo)