Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Liberação de empréstimo consignado com garantia do FGTS começa na quarta

No empréstimo consignado, o desconto das parcelas é feito diretamente no salário do trabalhador, o que diminui o risco de inadimplência

Por Redação Atualizado em 26 set 2018, 15h06 - Publicado em 25 set 2018, 19h21

A Caixa Econômica Federal começa a liberar nesta quarta-feira 26 empréstimos consignados com garantia do FGTS. Neste primeiro momento, somente esse banco deve operar essa modalidade de crédito aprovada pelo conselho curador do fundo.

No empréstimo consignado, o desconto das parcelas é feito diretamente no salário do trabalhador, o que diminui o risco de inadimplência. Como esse empréstimo tem a garantia do FGTS, o risco é menor ainda, o que permite que as taxas de juros sejam menores que as cobradas por outras modalidades de crédito.

De acordo com as regras definidas pelo conselho curador, a taxa de juros não poderá exceder 3,5% ao mês, cerca de 50% menor que a média de outras operações. O prazo de pagamento é de no máximo 48 meses.

O valor do empréstimo depende de quanto o trabalhador tem depositado na conta do FGTS. A garantia que ele pode dar ao banco chega a 10% do que tem depositado na conta do FGTS e mais os 40% da multa paga em caso de demissão sem justa causa. Se o trabalhador for demitido durante o pagamento do empréstimo, o banco poderá reter esses valores.

Segundo o Ministério do Trabalho, outros bancos podem passar a operar essa modalidade de crédito em breve.

Continua após a publicidade

Publicidade