Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Ciro propõe ‘reindustrialização’ do país como alternativa ao desemprego

Candidato do PDT faz discurso em defesa do setor no Rio: 'Eu quero, através de alguns complexos industriais, retomar com força a indústria brasileira'

Por Felipe Mendes
Atualizado em 23 ago 2022, 13h29 - Publicado em 20 ago 2022, 21h27

A despeito da queda no número de desocupados no país nos últimos meses, é nítido que as campanhas dos candidatos à Presidência irão mirar a geração de postos de emprego para a população brasileira. Em um discurso efusivo neste sábado, 20, no Rio de Janeiro, o candidato do PDT na disputa, Ciro Gomes, disse que a principal forma de recuperar os empregos com qualidade seria por meio uma “reindustrialização forçada” do país.

“Se a gente quer responder à questão de voltar a ter empregos qualificados para o povo brasileiro, é preciso propor como eu estou propondo uma reindustrialização forçada do Brasil. A indústria era 34% do PIB brasileiro, agora caiu para 10%. Eu quero, através de alguns complexos industriais que estão todos estudados, retomar com força a indústria nacional brasileira”, afirmou ele, em um discurso no calçadão de Campo Grande, na Zona Oeste do Rio.

Ciro afirmou que é possível produzir itens que hoje são, em sua maioria, importados, como equipamentos hospitalares, componentes de aviões e diversos outros tipos de insumos. “O Brasil é o país que mais destruiu indústrias na história do capitalismo. Se a gente fecha indústria como quem mata moscas numa churrascaria de beira de estrada, o desemprego tem uma explicação”, reiterou.

No evento de campanha, o candidato pedetista também falou sobre segurança pública e prometeu aumentar o orçamento para a Polícia Federal. Depois, Ciro partiu para São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, onde participou de outra caminhada.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.