Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Casas Bahia quer rever acordo de fusão com o Pão de Açúcar

O Grupo Pão de Açúcar confirmou nesta terça-feira que a Casas Bahia quer rever o acordo de associação, como informado mais cedo pela imprensa. Na nota divulgada ao mercado, as administrações da CBD e Globex esclarecem que buscam “continuar em discussões com vistas a um entendimento” e consideram que o acordo “é válido e perfeitamente eficaz”.

Segundo informações publicadas pelos jornais, fontes ligadas à família Klein, da Casas Bahia, diziam que o negócio corria o risco de ser desfeito. Do outro lado, o tom havia sido mais cauteloso. Profissionais ligados ao Pão de Açúcar afirmaram que a discussão envolve ajustes normais em contratos e que a própria família Klein tinha pedido a confecção de um documento simples, para ser detalhado posteriormente.

Pouco depois da publicação da nota, as ações do Grupo Pão de Açúcar despencaram na Bolsa de Valores de São Paulo. Às 10h33, os papéis do gigante eram negociados a 59 reais, em baixa de 4,99%.

O acordo entre as duas empresas deu origem à maior rede varejista do Brasil. De acordo com os principais jornais do país, a Casas Bahia contratou o escritório Pinheiro Neto Advogados para fazer a revisão do contrato por se considerar em desvantagem.

Leia a íntegra da nota:

“As administrações da Companhia Brasileira de Distribuição (CBD) e Globex Utilidades S.A. (Globex), tendo em vista o disposto na Instrução CVM 358/02 e as matérias publicadas na imprensa, vêm esclarecer que a Casa Bahia Comercial Ltda. e seus sócios (Casa Bahia) manifestaram sua intenção de rever a associação objeto do Acordo celebrado em 4 de dezembro de 2009.

CBD e Globex consideram que o Acordo de Associação celebrado é válido e perfeitamente eficaz, tendo se manifestado no sentido de continuar em discussões com vistas a um entendimento. CBD e Globex manterão o mercado informado acerca de qualquer desenvolvimento.

São Paulo, 13 de abril de 2010″

(Com agências Estado e Reuters)