Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Captações domésticas de renda fixa somam R$20,3bi no 1o tri-Anbima

Por Da Redação - 9 abr 2012, 16h06

RIO DE JANEIRO, 9 Abr (Reuters) – Empresas brasileiras captaram 20,3 bilhões de reais no mercado doméstico no primeiro trimestre deste ano, queda de 21 por cento na comparação anual, informou a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais(Anbima) nesta segunda-feira.

O valor foi obtido integralmente com emissão de títulos de renda fixa.

Já nos três primeiros meses do ano passado, o total captado foi de 25,7 bilhões de reais, sendo 4,8 bilhões de reais oriundos de emissões de renda variável.

O destaque de emissões no primeiro trimestre ficou com as debêntures, que tiveram ofertas totalizando 14,2 bilhões de reais no período, 70 por cento do total, segundo a Anbima.

Publicidade

Apenas em março foram emitidos 5 bilhões de reais em debêntures, dentro de um total de 5,5 bilhões de reais em renda fixa.

Notas promissórias corresponderam a 14,5 por cento das emissões no primeiro trimestre.

A Anbima destacou ainda que seis ofertas de ações estão em análise na Comissão de Valores Mobiliários: Seabras (do setor de petróleo), Locamérica (Companhia de Locação das Américas, autos), BTG Pactual, Unicasa (fabricante de móveis), Qualicorp (planos de saúde) e Fibria.

Segundo a Anbima, março fechou como sendo o quinto mês sem ofertas de novas ações.

Publicidade

(Por Fábio Couto)

Publicidade