Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil pode se tornar líder mundial em soja

Previsão do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) aponta que a safra da oleaginosa no país deve atingir 81 milhões de toneladas no período 2012/13

A safra de soja do Brasil para o período 2012/13 foi estimada nesta quarta-feira em 81 milhões de toneladas pelo Departamento de Agricultura norte-americano (USDA) – a mesma da previsão de agosto divulgada pelo órgão. Se a expectativa for confirmada, a produção brasileira da oleaginosa atingirá um recorde e o Brasil assumirá a liderança global no mercado de soja.

Contudo, o clima é um dos fatores-chave para consolidação da estimativa, já que a safra 2012/13 começa a ser plantada em meados de setembro, após a chegada das chuvas no Centro-Oeste. Para os Estados Unidos, a nova previsão está em 71,69 milhões de toneladas na mesma safra – volume menor que o da safra passada (83,17 milhões de toneladas). As lavouras norte-americanas sofreram na temporada com a pior seca em mais de 50 anos.

Leia mais:

Produtores dos EUA atingidos pela seca terão US$ 30 mi

O número do USDA para o país deve apresentar crescimento expressivo em comparação com a safra passada (2011/12), quando uma seca no Sul cortou a produção nacional para 66,5 milhões de toneladas. Na safra 2010/11, o Brasil colheu um recorde de cerca de 75 milhões de toneladas.

Argentina – Segundo relatório mensal sobre safras do USDA, a colheita de soja da Argentina foi estimada em 55 milhões de toneladas em 2012/13, também a mesma da previsão de agosto. Na temporada anterior, a Argentina, terceiro produtor global, colheu 41 milhões de toneladas.

(com agência Reuters)