Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Brasil cria 34,4 mil vagas em setembro, sexta alta seguida

O saldo no mês é a diferença entre 1.148.307 admissões e 1.113.915 demissões no período

Por Da redação Atualizado em 19 out 2017, 17h26 - Publicado em 19 out 2017, 16h46

O Brasil teve criação de 34.392 vagas de emprego formal em agosto, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado nesta quinta-feira pelo Ministério do Trabalho. O saldo no mês é a diferença entre 1.148.307 admissões e 1.113.915 demissões no período.

  • É o sexto mês consecutivo de criação de vagas formais. Foi também o primeiro resultado positivo para setembro desde 2014, quando houve criação de 123.785 vagas. Em 2015 e 2016,  houve fechamento de 95.602 e 39.282 vagas em setembro, respectivamente.

    A maior contribuição em setembro deste ano foi da indústria, que abriu  25.684 vagas a mais do que fechou. Dentre os setores, o que teve maior resultado foi na indústria alimentícia, com alta de 16.982. Dos 12 ramos industriais, apenas dois (calçados e borracha, fumo e couros) tiveram recuo.

    Saldos positivos também foram registrados no comércio (15.040), serviços (3.743) e construção civil (380). A maior perda de vagas no mês foi registrada na agricultura, com fechamento de 8.372 postos no período.

    O saldo acumulado no ano é de 282.481 vagas.

    Continua após a publicidade
    Publicidade