Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Brado transportará 81 mil contêineres, em 2011

Por Da Redação - 6 out 2011, 18h37

Por Silvana Mautone

São Paulo – A Brado Logística, empresa de contêineres criada pela ALL em dezembro do ano passado, deve encerrar este ano tendo transportado 81 mil contêineres (entre cheios e vazios). “Nossa estimativa é multiplicar por seis esse volume nos próximos cinco anos e chegar a 500 mil contêineres até 2016”, afirmou hoje o presidente da Brado, José Luis Demeterco Neto. Se a meta se concretizar, ele acredita que a participação da empresa no mercado deve passar dos atuais 2% para 11%.

Ainda de acordo com o executivo, em 2012 a empresa deve fazer investimentos da ordem de R$ 250 milhões, sendo que 80% desse valor devem ser destinados para a compra de 10 locomotivas e 600 vagões. Os recursos fazem parte do R$ 1,2 bilhão anunciado em investimentos nos primeiros cinco anos da companhia. Em 2011, foram aplicados R$ 120 milhões, de acordo com Demeterco. “Compramos quatro locomotivas, que começamos a receber esta semana, e 145 vagões duplos. Devemos receber tudo até dezembro”, afirmou.

Segundo ele, a empresa também investiu na construção de um terminal intermodal rodoferroviário entre Araraquara e Américo Brasiliense, no interior de São Paulo, que deve ser concluído em novembro, e na reforma de 11 plataformas, que serão entregues até o final deste ano. “Tudo isso irá agregar mais de 30% à frota atual que já temos, de 1.300 contêineres.” Recentemente, a Brado firmou parceria com o Grupo Libra para serviços intermodais e está negociando também outras parcerias similares. A ALL possui 80% da Brado e a Standard, os demais 20%.

Publicidade