Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bovespa volta aos 57 mil pontos estimulada por exercício

Por Claudia Violante

São Paulo – Depois de um pouco de volatilidade no período matutino, a Bovespa passou o período da tarde em águas calmas, com giro fraco, mas movimento de compras que levaram o índice de volta aos 57 mil pontos. As ações da Vale continuam na liderança do giro e, hoje, ajudaram a sustentar os ganhos com o apoio das siderúrgicas.

O Ibovespa terminou o pregão com ganho de 1,47%, aos 57.210,11 pontos, na máxima pontuação do dia. Na mínima, registrou 56.257 pontos (-0,22%). Na semana, acumulou ganho de 2,56%, e, no mês, a alta atinge 1,27%. No ano, entretanto, o índice recua 17,45%. O giro financeiro totalizou R$ 5,283 bilhões.

O exercício nos EUA – hoje ocorreu “quadruple witching” (vencimento dos contratos futuros de índices de ações, de opções de índices de ações, de opções de ações e de futuros de ações individuais) – e no Brasil (opções sobre ações) na próxima segunda-feira movimentou os negócios no período matutino. À tarde, houve um período de marasmo, favorecido pelo noticiário fraco, substituído por um pouco de agito a minutos do fim do pregão.

As bolsas norte-americanas terminaram com altas comedidas. O Dow Jones avançou 0,66%, aos 11.509,09 pontos, o S&P subiu 0,57%, aos 1.216,01 pontos, e o Nasdaq terminou com elevação de 0,58%, aos 2.622,31 pontos. Agradou aos investidores o índice preliminar do sentimento do consumidor norte-americano, medido pela Universidade de Michigan, que subiu para 57,8 em setembro, de 55,7 em agosto. A previsão era de avanço para 57,0.

Na Europa, os mercados acionários subiram, mas reduziram os ganhos após a notícia de que a coalizão de governo da Alemanha adiou a discussão sobre o Mecanismo de Estabilidade Europeia no gabinete, o que significa que a legislação sobre o fundo permanente de ajuda da zona do euro provavelmente não entrará em vigor até o fim do ano, como o esperado. Londres subiu 0,58%, Paris fechou em baixa de 0,48%, e Frankfurt avançou 1,18%.

No Brasil, Vale ON subiu 0,52% e a PNA, 0,66%, esta última com giro de R$ 652,262 milhões. No setor siderúrgico, Gerdau PN ganhou 2,01%, Metalúrgica Gerdau PN, 3,84%, Usiminas PNA, 1,24%, e CSN ON, 4,19%. Petrobras ON recuou 0,09%, mas as ações PN da estatal subiram 0,49%. Na Nymex, o contrato do petróleo para outubro recuou 1,44%, a US$ 87,96 o barril.