Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Bolsas de Istambul e Moscou lideram quedas no mundo após abate de caça russo

Mercados financeiros de Rússia e Turquia refletiram nesta terça-feira o aumento da tensão militar entre os dois países

Por Da Redação 24 nov 2015, 17h04

As bolsas de Istambul e Moscou tiveram os piores desempenhos do mundo nesta terça-feira, na esteira do aumento da tensão militar entre Turquia e Rússia. Em Istambul, o índice Borsa Istanbul 100 recuou 4,4%, sendo a maior queda do dia nos mercados acionários mundo afora. O RTS, indicador de referência da bolsa russa, teve o segundo pior desempenho nos mercados financeiros, com queda de 3,3%.

A Turquia abateu um caça russo nesta terça, sob a alegação de que a aeronave invadiu o espaço aéreo turco e foi repetidamente advertida para reverter a manobra. A Rússia, por sua vez, que faz operações contra o Estado Islâmico na Síria, negou a invasão. O presidente russo, Vladimir Putin, disse que a derrubada do caça foi uma “facada nas costas” desferida pelos turcos.

O declínio desta terça-feira engoliu os efeitos da alta dos ativos russos ocorrida na semana passada, em uma aparente aproximação entre Putin e o ocidente. O aparente alinhamento viria do objetivo comum de derrotar o Estado Islâmico, um desdobramento dos ataques terroristas ocorridos em Paris no último dia 13.

No momento, uma retaliação da Rússia à Turquia é considerada improvável, já que os dois países teriam muito mais a perder do que a ganhar com um conflito entre eles, segundo analistas. A Rússia é o segundo maior parceiro comercial da Turquia. Os turcos, por sua vez, estão entre os cinco maiores destinos das exportações russas.

Leia mais:

Turquia confirma que derrubou avião russo

“Uma punhalada nas costas”, diz Putin sobre derrubada de avião pela Turquia

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade