Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

BNDES e Caixa estão altamente expostos a problemas da EBX, diz banco

Grupo de Eike Batista também tem dívidas com Bradesco, Itaú Unibanco e BTG. Estimativa é de que empréstimos concedidos por esses cinco bancos somem R$ 9,42 bilhões

Por Da Redação 2 jul 2013, 12h10

Os bancos estatais Caixa Econômica Federal e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) são os mais expostos à dívida do grupo EBX, disse em relatório na segunda-feira o Bank of America Merrill Lynch (BofA). Apesar de dados limitados sobre a exposição a empréstimos do grupo, o risco está concentrado em alguns dos maiores bancos do país, disseram em um relatório analistas liderados por Alessandro Arlant. A exposição está concentrada em cinco bancos brasileiros, a começar pelo BNDES e a Caixa, seguidos dos bancos privados Bradesco, Itaú Unibanco e grupo BTG Pactual.

Enquanto Arlant estima que os empréstimos concedidos por esses cinco bancos ao grupo EBX chegam a 9,42 bilhões de reais, o número pode estar subestimado por conta da falta de divulgação dos dados e dificuldades em avaliar quanto dessa exposição tem garantia colateral. Grande parte dessa garantia, contudo, está baseada em ações das próprias companhias do grupo. Só nos últimos meses o empresário mudou de rumo e passou a vender ativos e pagar dívidas para reduzir exigências de garantias colaterais.

Leia mais:

OGX desaba e faz Ibovespa iniciar semestre no vermelho

(com agência Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade