Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Big techs querem funcionários imunizados antes de voltar aos escritórios

Nos EUA, Google, Twitter e Facebook anunciaram que exigirão prova de vacinação antes de permitir retorno ao trabalho presencial

Por Da Redação Atualizado em 2 ago 2021, 19h01 - Publicado em 29 jul 2021, 17h35

Antes de voltar ao trabalho presencial, os funcionários das big techs, as grandes empresas de tecnologia americanas, terão de comprovar que receberam pelo menos duas doses de vacina contra a Covid-19. De acordo com um memorando assinado por Sundar Pinchai, CEO da Google, os trabalhadores da empresa nos Estados Unidos devem estar imunizados para voltar aos escritórios – exigência que será estendida às sedes de outros países. O Facebook está seguindo a mesma cartilha.

Em um comunicado, o Facebook disse que a empresa exigirá que os funcionários estejam completamente vacinados para retornarem ao trabalho. A empresa implementará a política com base nas “condições e regras locais” e terá um processo específico para pessoas que não podem ser vacinadas por motivos médicos ou outras razões.

Já o Twitter exigiu que os funcionários apresentem comprovante de vacinação para voltar aos escritórios. Na quarta-feira, a rede social disse que, com base nas diretrizes atualizadas do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), está fechando temporariamente seus escritórios de Nova York e São Francisco e suspendeu os planos de retorno ao trabalho para outras localidades. “Continuamos monitorando de perto as condições locais e fazendo as mudanças necessárias que priorizam a saúde e a segurança de nossos Tweeps [como são chamados os funcionários]”, disse a empresa em um comunicado.

Publicidade